quarta-feira, 25 de agosto de 2010

RESOLUÇÕES EM MEU ANIVERSÁRIO!

"Que darei eu ao Senhor por todos os benefícios que me tem feito?" (Salmo 116.12)

A pergunta do salmista arrebenta o meu coração nesta véspera de meu aniversário, data que completo 36 anos de existência planejada por um Deus misericordioso e providente. E, diante de tamanha graça, que farei eu? Eu tenho consciência absoluta de que o Senhor me escolheu não por ter encontrado algo em mim que o agradasse, ele fôra por demais generoso em meu atrair com "cordas de amor" e me proporcionar o privilégio de ser chamado seu filho, e ainda mais, vivendo em um tempo onde o evangelho de Jesus tem sido tão espezinhado! Vivemos em uma sociedade idólatra, onde o vil metal governa as inteções até mesmo de homens que podem ser considerados nobres aos olhos humanos!

Em minhas leituras sobre a vida do ministro tenho encontrado na fala de Joel Beeke um eco da minha própria consciência! Quando eu o leio e o releio tenho a impressão de ser martelado em fortes resoluções, que preciso tornar público neste artigo:

01. Me comprometo a orar mais e a falar menos!

"Aquilo que o homem é diante de Deus, em particular, é o que ele realmente é". Essa verdade cristalina expõe a minha pequenez em relação aos meus próprios compromissos de oração privada. Tenho dificuldades em me resguardar em meu "quarto secreto", para não estar para ninguém, apenas para o meu Deus!

Tenho sido, sou e sempre serei refém das artimanhas de Satanás para a minha queda, quando eu negligenciar esse ministério, que precisa vir antes de minha exposição ao púlpito, ao cuidado do meu rebanho ou até mesmo ao meu testemunho público. John Bunyan disse: "ore sempre, porque a oração é um escudo para a alma, um sacrifício para Deus e um chicote para Satanás".

02. Me comprometo a ser mais santo, menos mundano.

Fico preocupado quando um programa televisivo me atrái muito! Quando não consigo mudar de canal, enfim quando me vejo domesticado pelos atrativos dese mundo! Joel Beeke mais uma vez me confronta: "Se devemos ser pregadores e pastores eficazes, temos de decidir ser santos".

Não dá para aliviarmos em nossa visão acerca de nós mesmos. Para o Brasil há centenas de anos, o desafio era "independência ou morte!", para o cristão hoje é "independência é morte!". Sinto-me carente do Santo em minha vida, para que meus atos, atitudes, pensamentos e palavras espelhem o caráter de Jesus! Em outras palavras, preciso ser mais parecido com Jesus!

03. Me comprometo a dar mais tempo de qualidade para minha esposa e meu filho!

É fato que é no contexto familiar onde nossas máscaras caem! Somos essencialmente o que somos! Há muitos obreiros ai ganhando o mundo e perdendo a sua própria familia! São pastores dos filhos dos outros e não de seus próprios filhos! A igreja local não pode ser nossa amante, ela já tem um esposo, Jesus!

Minha esposa e meu filho são os meus principais alvos do rebanho que o Senhor colocou sobre meus ombros para cuidar! Tenho de ser zeloso e cuidadoso para com eles! Sinto-me no desafio de ser mais amoroso, mais presente, mais amigo, mais parceiro, mais sensível... mais, mais... enfim...

04. Por fim, comprometo-me a amar os que me criticam!

Isso! Vou procurar entender os meus críticos, me colocar no lugar deles, ver os pontos em que eu deixei a desejar! Quero crescer a partir dos olhos dos que enxergam defeitos em mim que eu mesmo não conseguiria ver!

Também nesse ponto preciso aprender com Spurgeon: "A menos que você perdoe os outros, você lê a sua própria sentença de morte, quando repete a oração do Pai Nosso. Perdoe e esqueça. Quando você sepulta um cão morto, não deixa a ponta do rabo fora da terra".

Meu coração não pode ser um canal de tantos ressentimentos e melindres! Quem me fez mal, na realidade foi agente de Deus para um bem maior, a médio e longo prazo! Quero crescer, melhorar, aprimorar, alicerçar-se em Deus para considerar que, não sou perfeito, sou um ser inacabado! John Stott vai dizer que o cristianismo pode ser relacionado à torres inacabadas! É por ai, ainda sou um "ser vivendo', antes de ser um "ser vivo"!

São resoluções curtas, sintéticas, práticas. Poderia citar outras mudanças pequenas que eu aspiro: quero ler mais, pregar melhor, fazer uma graduação de História, ser mais relacional, começar a construção das salas da igreja, plantar mais igrejas, apoiar ainda mais o Haiti, ver meu filho chegando à universidade, amar ainda mais a minha esposa... enfim, mais sei que tudo isso passa por essas áreas principais da oração, santidade e perdão!

Tenho dito, e "feliz aniversário" para mim!

9 comentários:

MINISTERIO COM SURDOS IBACEN disse...

Que Deus na sua infinita Graça o abençoe e conceda perseverança na caminhada. Eu oro para isso! Pois uma vez abençoado, direta ou indiretamente também temos sido abençoados,como ovelhas que Deus tem colocado aos seus cuidados, pastor.
Parabéns por mais um ano de vida!!! Que os seus desejos se cumpram em Deus!bjs

bethangra disse...

Algum tempo atrás eu participava de células e cheguei à uma triste conclusão: se a minha família vai mal, que é o rebanho que Deus colocou em minhas mãos para cuidar, o resto com certeza não fluirá, e continuar com isso seria pura hipocrisia. Cuide muito bem da sua família, ela é o seu primeiro rebanho e que Deus abençõe à todos os seus.
Feliz aniversário e que Deus continue prolongando seus dias e te abençoando com toda a sabedoria que tens vinda dos céus.

Marcos Sampaio disse...

Que o Deus gracioso continue iluminando a mente do querido pastor e, sobretudo, aquecendo o seu coração! Feliz aniversário!

Marcos Sampaio

Magnartes de Deus! disse...

Hoje O Senhor desperta o seu servo para uma nova visão e creio que Deus quer uma grande mudança no mais profundo de nossas almas, por que enquanto tiver feridas em seu interior como poderá amar?
Pastor eu estava muito doente na alma, no meu interior, meu espírito sempre abatido, as doenças físicas estava em toda a minha família... E poir cada vez me afatando de Deus, isso doeu ir embora , mas era preciso para busacar um novo recomeço!
Então pergunto quantos crentes estão doentes na alma e no espírito? É fácil sorrir, mas por dentro esta tudo estragado, inflamado cusando um câncer, até onde um crente pode ir assim doente? Já se pergunto aondes estão os doentes que precisão de cura interior, se libertar de coisas do passado! pois eu vivia doente com o meu passado, com a ajuda certa já não tenho mais medo e nem constrangimento em falar disso, algo que sempre precisei de ajuda, na igreja do Senhor há muitos crentes doentes, faça essa pergunta em culto de cura e veja quantos vão à frente!
Um abraço no Pastor a quem tenho como um grande amigo e para sua esposa seja feliz enquanto houver fôlego, uma família unida demonstrar amor de Deus !

missionária aracelle disse...

Deus abençoe pastor em nome de jesus, muita paz saude sucesso e semrpe uma vida no altar do senhor.

Caroline disse...

Amado Pastor,
li com atenção a mensagem "resolução em meu aniversário",compartilho com o Senhor dos topicos 2 e 4, buscar uma vida mais santa e menos mundana tem sido um grande desafio, hoje nos pegamos envolvidos por musicas, programas de TV, leitura sem conteudo e tantas coisas mais, é uma luta diaria e ser vencida. E amar os que nos criticam, como é dificil!!! entender que Deus usa dessas pessoas para nos ensinar tem sido o meu pensamento para poder perdoar e manter minha vida debaixo da vontade de Deus. Pois sabemos que devemos ser imitadores de Cristo e não dos Homens.
As suas mensgens cada dia m ensinam mais e mais!!
Que Deus continue lhe abençoando e expirando a cada dia!!
Parabéns e Felicidades!!!

Milton disse...

Que todas as suas resoluções aconteçam com a conduta de Deus. Porque Deus é rico em amor e faz o que é melhor para todos, especialmente para os que os buscam.
Feliz aniversário!!!

Victor Lino Pinheiro disse...

Parabéns pastor!

Ellen disse...

Q verdade pr.!!! O mais interessante q falou muito ao meu coração é a grande importância de trabalharmos estas 3 principais áreas em nossas vidas: oração, santidade e perdão. Com a ORAÇÃO estamos mais próximos e intimos de Deus; com a SANTIDADE pecamos menos, nos incomodamos rapidamente com o pecado, envergonhamos Satanás e agradamos mais ainda Nosso Pai; e o com PERDÃO ultrapassamos as barreiras q nos afastam do nosso próximo nos trazendo a comunhão e o entendimento de "amar o próximo como a nós mesmos".
Resumindo: Deus, eu e o meu próximo! PERFEITO!
Abços,
Ellen.