quarta-feira, 13 de junho de 2012

SOS FAMÍLIA!


O pr. Denis Allan faz uma observação no texto de Neemias 4 que destaco aqui: “Quando Neemias organizou os trabalhadores para se defenderem contra os adversários, ele chamou todos a pelejarem pelas próprias famílias (4:14). O desejo de salvar as próprias famílias motivou os judeus a trabalharem e vigiarem constantemente. Deve ter o mesmo efeito em nossas vidas. Mas as ameaças maiores hoje são os ataques espirituais que o Adversário faz constantemente, bombardeando as nossas famílias com tentações que ameaçam nos levar à perdição.”

Recentemente estive pregando cinco mensagens nesse mesmo texto, Neemias 4, e o que ficou patente na minha mente é que precisamos reconstruir os muros que dão proteção às nossas famílias. Infelizmente em nossas igrejas encontramos crentes que não estão devidamente preocupados com suas famílias, vivem uma vida cristã como se estivesse num clube social, onde a aparência é o que conta! Insistem em comprar produtos que não precisam para impressionar pessoas que não gostam! São os "fanfarrões da fé"!

E, enquanto isso, vemos cada vez mais minados os laços que deveriam perdurar por toda a vida, os votos matrimoniais que no pensamento de Deus devem durar por toda a vida do casal e não apenas nos melhores anos, onde tudo parecem ser flores! Tenho dito que amar várias mulheres ao mesmo tempo não exige nenhuma criatividade e qualquer medíocre consegue se superar nesse quesito. Agora, se apaixonar pela mesma mulher várias vezes é só para quem tem a sabedoria de Deus como uma busca constante. Gosto de pensar em Salomão, já no fim de sua vida, escrevendo o seu livro de memórias, o Eclesiastes, e deixando passar pelas suas penas a seguinte constatação, em forma de ensino às gerações futuras: "E eu achei uma coisa mais amarga do que a morte, a mulher cujo coração são laços e redes, e cujas mãos são grilhões; quem agradar a Deus escapará dela; mas o pecador virá a ser preso por ela".

A mídia toda está exaustivamente explorando a relação conjugal conturbada do casal Marcos e Elize Matsunaga, e o que fica em minha mente é o seguinte: o perfil de quem encontra uma esposa num site de "garotas de programa" não é próprio de quem tem a fidelidade conjugal como uma marca de seu caráter! E, não é apenas curioso, eu diria que foi até profético, o fato de Marcos ter sido morto com uma arma que ele mesmo deu de presente à sua esposa e algoz! Não posso deixar de pontuar o acontecido com a verdade bíblica exposta pelo salmista: "Um abismo chama outro abismo". Há uma lei muita dura na vida, e ela é dura porque é verdade, a da "semeadura e da colheita". Não adianta tentar fugir desse fato: o que o homem semeia, ele colhe!

No casamento, vivemos semeando e colhendo, e se não estamos gostando do que colhemos, temos de mudar nossas sementes! É preciso que aja uma mudança de coração e de atitude para encararmos o fato de que a vida é como um espelho, apenas retrata uma realidade que está à sua frente! Nisso, precisamos mais uma vez aprender com o sábio Salomão, quando vai dizer: "Guarda com toda a diligência o teu coração, porque dele procedem as fontes da vida", Provérbios 4.23.

Preste atenção a isso! E, caso precise de nossa ajuda para a ministração à sua família, é só mandar um SOS!

Um comentário:

Josiel Dias disse...

Olá meus queridos irmãos, Graça e Paz.
Parabéns pelo blog muinto edificante. Como sempre tenho dito; crescemos quando lemos, quando compartilhamos e que aprendemos. Aprendendo uns com os
outros crescemos na graça e conhecimento.
Aproveito a oportunidade para compartilhar também o nosso blog. Notícias, Eventos, Músicas, reflexões e tudo que move o meio gospel.
Ficaremos felizes por vossa visita e mais ainda se nos seguir-nos.
Deus continue lhe abençoando Ricamente
Josiel Dias
Mensagem Edificante para alma
http://josiel-dias.blogspot.com.br
Rio de Janeiro