sexta-feira, 16 de maio de 2008

CARREGANDO UNS AOS OUTROS!!!

Parei um tempo para reler um clássico do teólogo alemão Dietrich Bonhoeffer escrito em 1938, com uma fácil aplicação para as questões de relacionamento nos nossos dias tão conturbados. Segue agora o que ele comenta em cima do verso de Galatas 6.2:

"Carregai o peso uns dos outros, e assim cumprireis a Lei de Cristo".

Portanto, a lei de Cristo é carregar pesos. Carregar é sofrer. O irmão é um fardo para o cristão, justamente para o cristão. Para o pagão, o outro nem chega a se tornar um fardo. Ele evita qualquer encargo por causa dele, porém o cristão tem que carregar o fardo do irmão. Tem que suportar o irmão. O outro só será irmão quando se tornar um fardo, e só então deixará de ser objeto dominado. Tão pesado foi o fardo da humanidade ao próprio Deus que sob seu peso acabou na cruz. No corpo de Jesus Cristo, Deus de fato foi afligido pela humanidade. Carregou-a, porém, como a mãe leva uma criança, como um pastor põe no ombro a ovelha perdida. Deus aceitou os seres humanos e eles o esmagaram. Deus, porém, ficom com eles, e eles com Deus. Suportando as pessoas, Deus manteve comunhão com elas. Essa é a lei de Cristo cumprida na cruz. Os cristão tomam parte nessa lei. Devem suportar e carregar o irmão, e, o que é mais importante, agora podem suportá-lo sob a lei de Cristo cumprida.

Esse excerto do pensamento de Bonhoeffer vai como uma singela homenagem aos milhares de chineses mortos no maior terremoto daquele país no últimos 30 anos. Eu sinto parte do peso de vocês. Debaixo daquelas enormes pedras de concreto um pouco de mim também foi soterrado!

Estou de luto!!!

2 comentários:

marciadeano disse...

Bom dia Pastor.
O senhor é realmente enviado de Deus para o nosso meio. Usa palavras simples e sábias, que tocam os nossos corações. Creio que os fardos são nos dado para crescimento e enriquecimento do espírito cristão. Também coloco-me de luto por toda tragédia vivenciada pelos irmãos na China.

Monica Carvalho Costa disse...

Olá, pr.Ezequias!
Sem dúvida, é uma lição que precisamos aprender. Tamném choramos pela China. Parabéns pelo blog, Deus o use poderosamente. Abraço (Monica)